Vídeo – técnicas miofasciais para os músculos posteriores da perna

Neste artigo serão apresentados dois pequenos vídeos que mostram algumas técnicas miofasciais destinadas a flexibilizar a musculatura das partes posteriores das pernas, muito suscetíveis a encurtamentos e aderências musculares…e que acometem muitos corredores, ciclistas e praticantes de atividades físicas diversas.

 

Isquiotibiais e banda iliotibial

Os isquiotibiais (hamstrings em inglês) são formados pelos músculos bíceps femoral, semimembranáceos e semitendíneos (posturais), e estão localizados na parte posterior da coxa. Se unem à tuberosidade do ísquio e afetam a região pélvica quando estão encurtados, muito aderentes ou debilitados…condições que ocorrem com frequência neste grupo muscular, seja por posturas inadequadas no dia-a-dia ou excesso de atividade física…muito comum em corredores e ciclistas, por exemplo.
Já a banda iliotibial e o tensor da fáscia lata ocupam o segmento muscular que começa acima do quadril até um ponto abaixo do joelho, na parte lateral da coxa.
Qualquer técnica destinada a alongar, ampliar ou afrouxar fáscias musculares restritas pode ser considerada uma técnica miofascial, seja utilizando os punhos, os antebraços ou os cotovelos.

 

Gastrocnêmios e sóleo (panturrilhas)

Os músculos gastrocnêmios estão inserindos logo acima da articulação do joelho (fossa poplítea). Recobrem o músculo sóleo, que forma a maior parte das panturrilhas. Nestas áreas são muito comuns aparecerem dores no tendão calcâneo (Aquiles), desconforto nos pés e dores no próprio joelho.

Técnicas miofasciais são recomendadas para trabalhar o encurtamento muscular nesta região, além de manobras neuromusculares para localizar, aliviar e desativar os pontos gatilhos (trigger points) e os pontos sensíveis.

 

Rastreando os sintomas do sistema nervoso autônomo

Outro recurso, além dos alongamentos, é ajudar o cliente a ‘rastrear’ as dores (experiência somática) que forem surgindo durante a sessão. Pergunte ao mesmo as características da dor: ela pulsa, lateja, queima? Em qual área que se concentra? Existe alguma temperatura (calor, frio) associada? Rastrear estes sintomas do sistema nervoso simpático (dor, ativação, constrição) ajuda a chegar ao sistema nervoso parassimpático (relaxamento, expansão e fluidez).

 

Usamos a mente não para descobrir fatos, mas para escondê-los. Uma das coisas que a cortina esconde melhor é o corpo, o nosso corpo, isto é, todos os pormenores, o seu interior. Como um véu posto sobre a pele para lhe preservar o pudor, a cortina retira da mente em parte os estados internos do corpo, aqueles que constituem o sopro da vida enquanto ele perambula na jornada de todo o dia.

Antônio Damásio,

O mistério da consciência

 

Dúvidas e sugestões sobre o post acima? Deixe seu comentário abaixo…

O blog Masso & Ki Terapia possui uma série de artigos (e vídeos) relacionados a área de massoterapia (massagens) e de abordagens naturalistas e corporais. Caso queira receber estes conteúdos via email, clique aqui.

Massoterapeuta, Terapeuta Corporal e Profissional de S.E. Atua há dez anos na área de massoterapia, terapias corporais e de abordagens naturalistas.